Images

Mais uma vez... o porquê das Forças Armadas...

Tem sido uma das notícias mais badaladas no nosso país, a "visita" de aviões na zona aérea de controlo português. Bom, tenho lido comentários alarmistas, não se tratou de uma invasão do espaço aéreo de soberania portuguesa, ou seja, não houve uma entrada agressiva em Portugal. O que aconteceu foi a entrada numa zona aérea internacional, controlada por Portugal, sem informação de plano de vôo.

Depois de em 2011 eu ter escrito este texto, agora volto ao centro da questão, para que servem as forças armadas em Portugal. Sempre que leio notícias nos jornais sobre as forças armadas, a grande parte dos comentários, quiçá esquecendo-se da situação que relatei no anterior texto de 2011, debruça-se sobre o mesmo, são uma cambada de inúteis que passam a vida no bar a beberem cerveja.

Mas... essa cambada de inúteis que passam o dia todo a beberem cerveja no bar fazem isto... um excerto de alguns casos desta semana que passou:

"A Esquadra 751 “Pumas” da Força Aérea Portuguesa efetuou no dia 30 de outubro uma evacuação médica de um passageiro do cruzeiro “NorwegianEpic”, com pavilhão das Bahamas, que se encontrava a navegar a 242 quilómetros a oeste do Funchal –Ilha da Madeira.  

"A esquadra 751 recupera uma pessoa a precisar de assistência médica urgente. O paciente, um norte-americano de 69 anos, navegava no "Celebrity Reflection", de Malta, a cerca de 340 quilómetros a sudoeste do Funchal."
 
"A Força Aérea, através da tripulação de alerta da Esquadra 751 na Base Aérea 6, realizou esta manhã um resgate de um tripulante filipino (50 anos), pertencente ao navio Zarga, que navegava a 140km a oeste do Montijo"


"A Esquadra 751 "Pumas" da Força Aérea Portuguesa resgatou hoje com sucesso um indivíduo ferido numa escarpa perto da praia da Arrifana (Aljezur)."
  
Mediante estes casos há quem afirme que os helicópteros de salvamento são mesmo necessários, mas o resto é inútil. Sim, mas o resto faz isto:

"A aeronave Falcon 50, da Força Aérea Portuguesa, foi empenhada na madrugada do dia 21 de outubro para uma missão de transporte de órgãos da Madeira para o continente. Pelas 01h15, a Esquadra 504 “Linces” partiu do Aeródromo de Trânsito Nº1 (AT1), em Figo Maduro, rumo ao Funchal, onde aterrou às 02h50. Após a chegada da equipa médica, a aeronave voltou a descolar pelas 07h30, aterrando pelas 08h50 no AT1, onde já aguardava uma ambulância." 

"Portugal enviou um avião Hercules C-130 para o Mali, ao serviço das Nações Unidas, para auxiliar no processo de paz no país."

"A tripulação de alerta no Montijo, foi activada para o transporte de órgãos de Faro para Lisboa no dia 30 de Outubro.
A missão teve uma duração de 1H40. Mais uma missão de apoio à população que foi concluída com Sucesso."

E depois há quem ainda diga que Portugal não deveria ter caças, gastam muito dinheiro e ninguém vem ao nosso país para justificar ter aviões deste tipo. Pois é... mas esta semana tiveram a resposta para isso mesmo:

"Durante a manhã de quarta-feira, o Sistema de Defesa Aérea (DA) da FA detetou duas aeronaves não identificadas na zona noroeste de Portugal e com rumo sul, voando alto, rápido e sem comunicações com o Controlo de Tráfego Aéreo.O Centro de Relato e Controlo da FA reportou de imediato para a estrutura militar NATO da qual depende, tendo sido decidido ativar a parelha de aeronaves F16 Fighting Falcon, em alerta na Base Aérea de Monte Real, para intercetar e identificar as aeronaves."  

Para quem pensava que este país no cantinho da Europa não precisava de forças armadas para nada... que se cale bem caladinho... porque esta é a prova que no mundo moderno nada pode ser dado como garantido. E quando 99,9% da população portuguesa estava descontraidamente na sua vidinha normal... a gozar do sol, muitos em bares junto à praia a beberem cerveja, 0,1% estava de serviço 24 horas para que os 99,9% assim possam continuar despreocupados e a mandar comentários estúpidos na net quando o tema é as forças armadas. Para quando precisarem de um orgão de urgência, ele apareça... para quando se perderem no alto mar alguém os vá resgatar, para quando aviões não identificados coloquem em risco o tráfego aéreo civil sejam identificados e escoltados em segurança... etc etc! Sim, são os "tropas" que vocês pensam que estão sempre a beber cerveja no bar que o fazem.

Não meus caros... eles não estão a beber cerveja no bar... eles estão de serviço/alerta, muitos longe das respectivas famílias, em prol de Portugal. Sabem para quê? Para que todos os portugueses sim, esses sim, possam estar a beber cerveja bem descontraídos e relaxados... porque as forças armadas estão cá para isso mesmo... para que não se tenham que preocupar com muito mais do que o que será o acompanhamento da cerveja, amendoins ou tremoços... seja de manhã, seja de tarde, seja de noite, seja feriado, seja fim de semana, seja Natal, seja Ano Novo, seja Páscoa, faça sol, faça chuva, faça frio, faça calor... 365 dias por ano...

Tenho dito.


19 comentários:

Bruno Mota disse...

(Y)

Bruno Mota disse...

nice (Y)

Crismad disse...

No 4ºparágrafo, 'evacuação médica'...as FA não estão habilitadas para este tipo de intervenção.
Sei que o verbo evacuar costuma ser mal utilizado e que não é com intenção maliciosa. Evacuar uma pessoa, medicamente ou não, é esvaziá-la.
É como armas de destruição maciça...caramba, maciças serão, mas mais do que isso, a destruição é que é massiva.

Anónimo disse...

Quando estiver à pesca com uns amigos num barco em alto mar, ou numa das ilhas mais remotas dos Açores, e lhe der "uma travadinha" vai ver se não chamam logo o EH 101 para EVACUAÇÃO MÉDICA.
Ser maciço ou massivo é diferente sim, mas para bom entendedor meia palavra basta. Os seus comentários podiam ser mais úteis construtivos.

Anónimo disse...

Significado de Evacuar

v.t. e v.i. Expelir, fazer sair do corpo: evacuar sangue.
Expelir matérias fecais: o laxativo fê-lo evacuar.
Esvaziar, fazer sair, retirar(-se): as tropas evacuaram a cidade; a multidão evacuou a praça.

Anónimo disse...

Muito bem. Não o diria melhor.

Anónimo disse...

Dicionario, significado de evacuacao e nao evacuar
Evacuação: consiste no movimento de pessoas de um local perigoso imposto devido à ameaça ou ocorrência de um evento desastroso.

Anónimo disse...

Quando se tem a mania que se é mais esperto que os outros dá nisto

Anónimo disse...

Os casos apresentados apesar de serem missões muito úteis e nobres, não são missões militares e que podiam/deviam ser realizadas pela protecção civil, a quem deviam ser dotados os meios para fazerem esses salvamentos, a qual seria necessário atribuir um orçamento anual incomensurável menor do que é atribuído actualmente à força aérea.
Quanto a escolta de aeronaves russas em aguas internacionais, não foi a fa a alerta a NATO, mas sim o contrario, pois ja vinham a ser escoltadas por jactos ingleses. Agora fica a questão, se não tivéssemos os F16 para o fazer, o que acontecia? Nada...
A escolta dos caças ingleses continuaria pelas aguas internacionais sobre a nossa responsabilidade, pois somos um pais integrante da NATO.
Será que alguém tem a noção de quantos milhares de milhões de euros são (mal) gastos nas forças armadas?!
Por isso em jeito de conclusão, sim os militares são, na esmagadora maioria uma cambada de inúteis que passam o dia todo a beberem cerveja no bar e isto é a opinião de quem la andou (forca aérea) durante 4 anos por isso sabe bem do que fala.

Anónimo disse...

você esteve e não está, e o que a comunicação social vem dizer para a televisão nem sempre é verdade. Proteção civil? mais um tacho para dar de comer a amigos, você é mais um cordeirinho que come e cala, acreditando em tudo que dizem. Procure o saber, não fale o que ouv por aí sem ter a certeza. e quantos milhões São gastos em corrupção, pagando à proteção civil milhões e milhões a mais, para fazer o mesmo trabalho que a força aérea fez em tempos?(combate a incêndios) para sua informação cada hora de vôo paga a proteção civil para combate a incêndios é paga a peso de ouro, o que não acontece na força aérea. não dê tiros nos pés e não cuspa no prato onde comeu durante 4 anos.

Anónimo disse...

Esteja calado....e não se enterre. Se vamos começar a falar das missões das FA, previstas em lei (que aconselho a ler) são, entre outras, defesa militar da república e (em tempo de paz) salvaguarda das populações. A busca e salvamento que refere que poderia ser efectuado pela protecção civil poderia ser feita, sem duvida. Mas não é. E como foi cometida à FA esta cumpre-a e cumpre bem. Ao nivel da defesa aérea que também mandou o seu bitaite, está claro com esse comentário que percebe tanto disso como de um lagar de azeite. Todos os paises intergrantes da NATO têm de possuir capacidade de defesa aérea (radares, aviões, etc) e os que não têm os paises intergrantes vão lá e realizam essa função, que é por isso que a FA está nos bálticos (pela 2ª vez) e esteve na islândia. A defesa do espaço aéreo nacional é da responsabilidade da FA daí que quando foi necessário a FA foi lá, como foi sempre. Por último o seu comentário de ignorante acerca do orçamento das Força Armadas: Eu sei os milhoes de euros gastos (leia-se gastos e não "mal gastos) nas Forças Armadas. Corresponde a 1% do PIB. Resumindo e dado que no seu discurso referiu que esteve na força aérea durante quatro anos, talvez para tentar dar um vislumbre de verdade, posso estar enganado ou o sr. deve ter estado colocado num mausoléu qualquer e nunca de lá saiu e também deve ser daqueles frustrados que nunca conseguiu fazer nada com jeito. Tem ideia das dezenas de militares (e agora faço minhas as palavaras do blogista) que estão de alerta/serviço todos os dias do ano para que o senhor esteja descansado em sua casa a dizer palermices...?

Tiago Dias disse...

bom para começar gostava de apenas dizer ao anónimo que dizer que bebemos cerveja bom meu amigo pois bebo mas nas minhas horas livres quando me é concedida licença quando tenho autorização para descontrair e digo mais bebo cerveja e vinho a refeição porque é um direito que me assiste mas mas também lhe digo que as maiores apreensões de droga e de imigrantes neste pais fui eu que as fiz uma coisa não implica outra, fora do âmbito militar o trabalhador também não vai ao café beber um copo e vai trabalhar a seguir? já vi militares a trabalharem melhor bêbedos do que milhares de civis sóbrios portanto uma coisa não implica outra...existe muita operação oculta dos olhos dos portugueses que são efectuadas diariamente pelas F.A. portanto eu não sei o que o anónimo andou fazer nos seus ilustres 4 anos na F.A. mas eu nos meus 15 anos de serviço já vi muito e já fiz muito e muito do que fiz não chegou aos ouvidos dos portugueses.E respondendo ao crismad não estão qualificados para evacuações medicas??? ja foi ao Afeganistão medevac, casevac, tacevac diz alguma coisa isso é quase barbarico dizer isso alias os militares estão mais qualificados para fazer isso que civis por isso eu que tenho curso de socorrismo de combate sei o que estou a dizer que vi médicos civis portugueses a olhar para militares feridos sem saber o que fazer falta de experiência digo eu e ter de ser eu a efectuar a primeira intervenção aos homens mas prontos por norma eu aconselho precaução no que dizemos publicamente porque o que conhecemos e o que acontece na realidade são realidades completamente diferentes e estar a dizer que as F.A. são uma cambada de inúteis e bêbedos meus amigos eu fico a pensar o que vocês fizeram no vosso tempo de serviço, e falarem de coisas que desconhecem isso é ainda mais grave porque estão a por em causa uma instituição que é respeitadissima la fora para quem não sabe somos das F.A. melhores do mundo mas isso já não interessa pois não .....somos só bêbedos e inúteis não é???

Anónimo disse...

É pena que o sr. anomimo da FAP, tenha passado por lá só para beber uns copos e umas cervejas e ainda por cima usufruir da formação que lhe deram com certeza... nem teve tempo de se aperceber do trabalho e das missões executadas pelos seus camaradas de armas ...não vou comentar os "afirmações" menos próprios que fez, só vou acrescentar que quem elencou todas as missões da FAP ( e outros ramos)se esqueceu de referir que as FORÇAS ARMADAS são instrumento de politica externa também, do estado português e da qual os senhores políticos só se lembram quando acontecem casos como o dos aviões russos ou quando se vão despedir dos militares que vão cumprir missões em zonas de crise , dando visibilidade ao país no âmbito da politica externa , visibilidade que os políticos aproveitam em favor proprio. Quanto às missões atribuídas à proteção civil , recordo que a EMA foi extinta esta semana...para bom entendedor

Anónimo disse...

Sr. Anónimo da FAP que passou 4 anos a beber cerveja e comer amendoins... resuma-se à inutilidade de ter feito parte de uma minoria que envergonha as FAs, no seu caso o ter passado 4 anos ao serviço da pátria a beber cerveja e comer amendoins (vergonhoso!) e faça-nos o favor de não falar daquilo que não sabe! Ass: quem faz parte do 1% da população que está de serviço para que o sr. esteja descansadinho a escrever estas barbaridades (provavelmente acompanhado por 1 cervejinha e amendoins!). Pessoas como o sr. dão-me vómitos!

Tiago Dias disse...

só mais um aparte que me esqueci de referir algo sobre os milhões mal gastos bom meu amigo anónimo só para mencionar que eu estou nas forças armadas e realmente existe dinheiro mal gasto claro que existe mas também existe dinheiro a menos quando que já fui a exercícios de tiro de morteiro onde não se efectuou tiro de morteiro ( vai-se la a entender porque) não existia dinheiro para comprar munições neste momento não existe dinheiro para comprar 7.62 por isso os exercidos onde haja tiro estão limitados e carreiras de tiro onde se possa fazer tiro com este calibre estão muito limitados no país mas enfim, estar a por navios e aviões no mar e no ar tem custo por isso está tudo desviado para a área operacional não para o treino depois admiram-se que existe acidentes porque os militares não treinam mas pronto, eu chegava a gastar mais de 4000 munições por semana a fazer treino de tiro com a minha MP5 e glock hoje em dia gasto 40 munições de 3 em 3 meses ( sim é mesmo verdade) e esperam que esteja ao mesmo nivel de a 10 anos atras impossivel isto tudo acarreta custo pois sem dinheiro nao existe treino, isto a nivel individual se vamos a falar de tanques avioes e navios bom nem falo agora se existe dinheiro mal gasto? existe sim todos o sabemos mas também a tia xica do café do canto também o gasta mal, o problema é que o que é mal gasto não é nem perto suficiente para manter o treino necessário para manter a operacionalidade dos seus militares, por isso pouca diferença faz, o mal mesmo é gente pensar que o dinheiro é mal gasto nos militares acho que gastam é muito pouco porque para manter padrões aceitáveis de operacionalidade é preciso gastar muito dinheiro mas prontos como o português comum não sabe nada do que se passa nas forças armadas e mesmo muitos que cá andam andam cá de costas mandam pro ar coisas que não sabem que não tem contacto e coisas em que são completamente ignorantes pensam que as F.A. é um trabalho das 9 as 16 nunca tiveram trabalho operacional a serio, puderam ir ter com as famílias ao fim do dia, nunca souberam o que é estar 6 a 9 meses fora em teatros operacionais com falta de condições seja em armamento/equipamento ou alojamentos mas ainda bem que o resto do povo dorme bem e se diverte enquanto outros são privados de tanta diversão.

Costa disse...

Dinheiro é investido nas forças armadas é dinheiro investido no pais, como pais civilizado e soberano.

E os milhões que se gastaram nos estádios do Euro2004?

Anónimo disse...

Vou comentar apenas a parte do orçamento, porque quanto ao resto já referiram. Faz uma pesquisa sobre a EMA (Empresa de Meios Aéreos) e a parceria público-privada em questão pode ser que mudes de opinião. ..

Batata Frita disse...

E quem me dera fazer parte deste mundo, fica o sonho e a ambição. De facto concordo totalmente com este post e é uma pena que depois destes exemplos muitas pessoas não encarem isto de forma diferente! ;)

Batata Frita disse...

Voltei para te falar sobre o Liebster Award mas se passares no meu blogue vais perceber melhor do que falo :)

http://bloguedabatatafrita.blogspot.pt/2014/12/liebster-award.html