Images

O que pode ser pior do que entalar o próprio dedo na porta de um carro??

O que pode ser pior do que entalar o próprio dedo na porta de um carro?

Bom, antes de responder a essa pergunta tenho algumas coisas a dizer: 
-Há pessoas que passam por uma vida inteira, com milhares e milhares de kms percorridos e nunca conseguem entalar o seu próprio dedo na porta do carro.

-Há taxistas, cuja profissão é andar de carro, que nunca entalaram o próprio dedo na porta do carro.

-Há pessoas que já ficaram com um dedo entalado na porta de um carro, mas porque outra pessoa a fechou na hora errada.

-Há, porém, aquelas tristes pessoas que podem dizer que sim, uma vez, durante toda a sua vida, entalaram o seu próprio dedo na porta de um carro.

Volto à questão inicial: O que pode ser pior do que entalar o próprio dedo na porta de um carro? Pior que isso é... fazê-lo... vá... duas vezes!!!!!

Sim, minha gente... depois de no ano passado ter esfacelado o próprio dedo indicador direito num Clio... eis que ontem no meu Citroën Xsara consegui alcançar esse feito novamente!!! Desta vez no dedo grande direito!!! Palmas meus senhores... palmas!!

Agora tenho um belo dedo todo ensanguentado e uma unha meio negra, meio vermelha... lindíssimo!!! Ahhh... no meio de tudo isso... a dor que é... meu Deus... a dor.

Tenho, obviamente, de arranjar uma desculpa para isto... e descobri... que foi esta: Os carros franceses não gostam de mim. Que tal? Parece-me óbvio e tem toda a lógica do mundo.

Pronto... há que admitir... não há desculpa absolutamente nenhuma. Se eu lesse este post escrito por alguém diria: "Que gajo mais atrasado e descoordenado, quem consegue entalar o próprio dedo na porta de um carro? Que burro." Sim, eu consegui esse feito... e duas vezes...!

Bom, portem-se bem... que só Deus sabe o que me custou escrever este texto com o dedo dorido e a latejar. E só para que me lembre... não há duas sem três.

0 comentários: