Images

As tristes contas do Natal 2011. Dá que pensar.

Natal é sinónimo de festa, natal é sinónimo de estar com a tão querida família em comunhão. Sim, é isso tudo. O pior é quando não é bem assim.

A Guarda Nacional Republicana deu a conhecer os números da operação natal 2011. Foram os seguintes: 604 acidentes, 11 mortos, 35 feridos graves e 191 feridos ligeiros. Sendo que este balanço ainda pode mudar, porque nunca é contabilizado os feridos graves que infelizmente passam para o número dos mortos.

Em relação ao 2010 os números foram menos dramáticos, menos 302 acidentes, menos 1 morto e mais 18 feridos graves. Explicação para isto, a maior, por muito pouca que seja, sensibilização dos condutores e o aumento da segurança nos automóveis modernos. Ainda assim foram 604 acidentes em 4 dias, uma média de 151 acidentes por dia.

Foram 11 mortos... famílias destroçadas... natal de 2011 perdido e futuros natais para sempre marcados pela tristeza. Morrer na estrada é injusto... um simples momento de distracção e é o fim de uma vida... uma vida com tantos episódios, tantas lembranças, tantas histórias para contar... e num segundo tudo acaba. Injusto para quem morre e para quem cá fica... uma pessoa com quem havíamos falado ao telefone há 10 minutos... e agora já não está no mundo dos vivos... difícil de aceitar.

Para quem, como eu, passa muitas horas durante a semana a "papar" kms nas autoestradas, é muito complicado ver estas notícias. Porque fico sempre com a ideia que um dia vou estar no sítio errado à hora errada. Deus queira que não... mas pelo que se vê... na estrada nem Deus nos vale.

Vem aí o ano novo... juizinho malta. Há pessoas que neste momento estão a fazer planos para o ano novo... e não vão lá chegar... vão perder a vida na estrada. É duro ler isto? É. Mas é incontornavelmente uma verdade. E por vezes há que chocar para conseguir alguns resultados.

Boas conduções... é só o que vos desejo.

2 comentários:

Luís Coelho disse...

Um alerta oportuno e amigável.
Quem te avisa teu amigo é...
Que 2012 traga menos acidentes e melhor condução na estrada.

Tanta falta de civismo e de respeito.
Precisamos de boas políticas e de óptimos condutores.

Na estrada circulam muitos assassinos que é urgente parar...alcool, velocidade , drogas .../...manias...

Katia disse...

Estas epocas do Ano assustam-me
bjs*