Images

Porque eu sou gajo - Vamos falar de carros... Auto...carros


Esta postagem que vou fazer foi resultado de uma dica que me deram (obrigado Bruninho) através do Facebook. Acrescento que, apesar de isto ser um Blog para todo o país... tal como eu sou, esta postagem foca a cidade do Porto, a cidade onde nasci, e portanto de onde tenho inúmeras recordações.
Como rapaz que sou, na altura menino, os autocarros sempre me fascinaram! Estranho para o mundo feminino eu sei, mas eu adorava aquilo! Agora já são todos modernos, e a gás natural, que já nem ligo muito! Gostava daqueles velhos de 2 andares, que de gás natural... bem... só mesmo no seu interior...se é que me fiz entender!!!

Pois bem, puxando bem pela memória, porque já lá vão uns anitos, ainda me recordo bem dos famosos autocarros Leyland de 2 andares, ao bom estilo britânico, ou não fosse a Leyland um construtor do país de sua Majestade. Eram fantásticos estes monstros urbanos, com a sua escada em caracol, que hoje em dia não sei se seria viável, com todas as normas de segurança que há agora. Subir e descer aquelas escadas era demais, e então se conseguisses um lugar à frente, ainda melhor! Eu queria ir sempre em cima... e à frente... senão fazia birra! Justo não era?
Para além dos Leyland, haviam os Tróleis!!! Sim, os tróleis! Uns autocarros que seriam normalíssimos não fosse o facto de terem uma mega haste ligada a uma teia de cabos que haviam nas ruas por cima das nossas cabeças! Eram um misto de eléctrico e diesel... um fenómeno! Tão fenomenal que depois de tantos anos ao serviço da cidade do Porto (através da STCP) ainda foram vendidos para o Cazaquistão, onde hoje talvez ainda circulem na cidade de Almaty.

Entre Tróleis e Leyland´s... que muita gente não se lembrará... toda a gente se lembra no entanto dos "Laranjinhas", uns Volvos que pareciam intermináveis, e que depois foram reforçados com um grande update na altura, os articulados! Eu gostava deles, e queria ir sempre na zona articulada, senão fazia birra! Justo! Estes autocarros foram tendo umas pinturas especiais geniais, normalmente para campanhas ou eventos importantes. Houveram mesmo 3 autocarros, estes não eram Volvos mas sim Mercedes, dedicados aos 3 emblemas mais importantes da cidade, FC Porto, Boavista FC e SC Salgueiros, eu andei nos 3! Só consegui a foto do autocarro do Boavista.

Entretanto todos estes famosos Volvos já foram abatidos ao serviço. É vê-los nas estações de recolha a apodrecer... uma pena... se bem que alguns foram oferecidos(?) a corporações de bombeiros e juntas de freguesia.
Os mais míticos Leyland´s no entanto não desapareceram por completo! Alguns estão abandonados a apodrecer... no entanto a STCP recuperou um totalmente... e alguns servem para fazer publicidade a empresas... e até vi um na campanha eleitoral para Câmara do Porto e para a Câmara de Matosinhos! Para quem conhece, há um sempre estacionado na zona do Norteshopping!

Não espero comentários da ala feminina... mas espero que os gajos falem destas máquinas! Que saudades de uma escada em caracol... ai ai....
Que linda forma de me despedir...um arco-íris sobre os Laranjinhas... Bonito não?

11 comentários:

Catarina Gomes disse...

Bem só me lembro dos Laranjinhas, em relaçao aos outros ja não se justificava os autocarros com 2 andares uma vez que temos o metrinho...ne? E agora outra coisa... se nao esperas grandes comentários da ala feminina... nao esperes muitos mais comentários então...

Pi disse...

Que saudadess pah!! Lembro-me perfeitamente dos laranjinhas.. e do barulho que faziam as senhas a picar naquela maquina a entrada...excelente! Nada de paneleirices como andantes e afins... Inda devem haver alguns no museu da STCP em Massarelos.

JU disse...

Eu gosto daqueles autocarros que são colados um ao outro por uma especie de manga (descrição tipicamente feminina) e que se tu fores no meio podes ir rodando tipo carrossel. Tirando o enjoo é bem divertido.
O meu autocarro preferido era o 78, fiz milhentas viagens nele para ir para a faculdade, era o autocarro mais fixe de todos. :)

Márcio disse...

Na minha zona não havia autocarros desses como deves saber eheh ;)! O que havia eram autocarros Scania cheios de Km em cima, e em que a maior aventura era fazer aqueles 15Km sem que pelo menos cheirasse a queimado! E.....gás natural??? Que é isso ;)????

Um pequeno pormenor que pode ser relevante é que isto se passou entre 99 e 06 :D

INES N. disse...

Eu lembro-me de alguns destes autocarros, especialmente dos articulados. Tempos que passaram... Eu fazia imensas viagens no 89, no 76 e no 52 (não faço ideia qual o número destes autocarros agora). Agora raramente ando de autocarro...

Sôzinha disse...

Os autocarros nunca me fascinaram muito. Sempre tive um maior fascínio (e preferência) por comboios e metro.
Dos Tróleis e Leyland's que referiste não me lembro. Mas dos Laranjinhas já tenho recordações =) Também gostava de ir na zona articulada, só havia um problemazito: eu enjoava bastante quando andava de autocarro, principalmente quando ia na zona do articulado... E mesmo assim continuava a querer ir nessa zona (está comprovado que desde pequena que sou muito parvinha...)! Actualmente já não costumo enjoar, por isso quando ando num autocarro com articulado, se não estiver ninguém na zona articulada é para lá que eu vou!

Filipe Ribeiro disse...

Afinal de contas...a ala feminina está a comentar este post sobre autocarros cheios de óleo e a cheirar a gasóleo por todos os lados!

caganasaka disse...

São todos uns meninos....não sabem de nada, grandes viagens para a praia, no 78 destino Castelo do Queijo...

Filipe Ribeiro disse...

Sim sim! Ainda hoje se mantém essa famosa linha! Se bem que agora os autocarros da STCP tem uns números novos...de 3 dígitos!

Anónimo disse...

E saudades dos namoricanços no piso superior, enquanto o motorista fazia "horas" no castelo do Queijo! e que tal as "nalgas" assadas, quando nos sentavamos na "cozinha", e o gajo fervia todo para subir a Passos Manuel???
J Carlos Pinto, Macau, China

sou do tempo de andar pendurado na parte externa dos tróleis joaninha e de dois andares principalmente a linha 11 S. pedro da cova ou linha 12 gondomar e o velhinho 88 para o castelo do queijo que ai já era autocarro de piso e quando novinho me pendurava na traseiras onde esquentava de mais.
uma historia para relembrar esses velhos tempos, um dia fugi da escola para passear com os amigos de boa infuencia... iamos para a praia no inicio da primavera tempo quente, meu pai funcionario dos CTT ia para a sua area de distribuição e eu borgueando com os amigos no pendura do autocarro só sei dizer que meu pai ia nesse autocarro e me viu, meu amigo, foi uma coça que eu levei para nunca mais esquecer...
mas não foi por isso que eu deixei de andar pendurado simplesmente colocaram os volvo laranjinhas...
obrigado por me fazer recordar...
abraços